featured Slider

Será que estamos prontos para o “para sempre”?

daquele corpo tão quentinho

o lado vazio do peito;

olha só, rapaz

feito pedra

onde mora a lucidez

das horas que custam o viver

uma década resumida a ódio

Falta

daquelas coisas que ficam

Back
to top