(...)




A pior coisa que aconteceu quando você me deixou foi aprender a lidar comigo mesma antes de você. O resto se ajeitou. Mas foi difícil reaprender a ser quem eu era há uma década. Eu neguei até o último momento, mas senti sua falta. Senti tua falta quando eu precisava contar sobre quando eu consegui um emprego. Senti tua falta quando eu queria te mostrar aquelas HQ's que só você gostava. Senti tua falta quando eu descobri uma banda da produtora que você gosta e provavelmente ainda não tinha escutado. Senti tua falta pra terminar aquele seriado que a gente assistia juntos e que até hoje eu não consegui voltar pra terminar. Senti tua falta nas gordices de madrugada. Senti tua falta até entender que você não deveria mais existir no meu coração. Antes, dono dos meus olhos, hoje você é apenas uma pequena e insignificante parcela de nada dentro do meu coração. Escrevo sobre isso porque preciso aliviar o que minha mente pensa, não porque sinto tua falta. Escrevo porque é a única coisa que consigo fazer para aliviar minha ansiedade da vida que eu não consigo resolver. A pior coisa que poderia me acontecer, já aconteceu: foi o dia que meus olhos pousaram em você.




CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top